Coma mais fruta e vegetais para uma saúde melhor

Nesta série de 3 artigos, iremos dar-lhe boas razões para aumentar a sua ingestão de frutos e vegetais frescos. Caso não goste ou tenha andado a evitar este tipo de alimentos, poderá ser boa ideia mudar de atitude de forma a poder começar desde já a obter os seus vários benefícios para a saúde e composição corporal.

Várias pesquisas mostram que a incorporação de mais alimentos crus na sua dieta é uma maneira simples e deliciosa para perder gordura e melhorar a sua saúde. Para além disso, foi comprovado que o aumento da ingestão de frutas e vegetais crus diminui o risco de doenças crónicas, cancro e AVC´s.

Não estamos a falar de comer apenas alimentos crus ou de abolir os seus grelhados favoritos de carnes e peixes. Mas sim de implementar a estratégia de comer mais frutos, vegetais crus e saladas e outras receitas como uma maneira fácil de perder gordura de forma mais rápida.

Coma alimentos crus para diminuir a ingestão de energia

O processo de cozinhar os alimentos aumenta de forma significativa a energia disponível nos alimentos.

Já sabíamos há algum tempo que cozinhar aumenta o número de calorias disponíveis em tubérculos como a batata-doce, mas um estudo realizado recentemente na Universidade de Harvard descobriram que cozinhar carnes, ovos e vegetais, também aumenta a quantidade de calorias que o seu corpo absorve a partir desses alimentos.

O estudo comparou o efeito de alimentar ratos com uma de quatro dietas durante quatro dias: batata-doce crua, batata-doce cozinhada, bife cru, ou bife cozinhado. Os ratos mantiveram o seu peso nas dietas com alimentos cozinhados, mas perderam peso nas dietas com alimentos crus apesar de terem ingerido mais calorias nas dietas de alimentos crus!

Por isso, apesar de ter ingerido uma maior quantidade de comida e de terem ingerido mais calorias, os ratos perderam peso apenas por comerem alimentos crus.

Os investigadores pensam que isto se deve à necessidade de mastigar mais a comida crua e ao maior número de calorias utilizadas na digestão dos alimentos crus. Os alimentos cozinhados são “pré-digeridos” e muitos dos compostos são degradados, resultando num menor dispêndio energético na digestão dos alimentos cozinhados.

Pode ingerir quantidades significativamente mais elevadas de vegetais e frutas cruas para obter a mesma ingestão de energia do que esses mesmos alimentos fossem cozinhados ou processados, e também irá obter mais nutrientes e antioxidantes.

Para melhores resultados, combine alimentos crus com alimentos cozinhados

Vários estudos mostraram que as pessoas que seguem apenas ou sobretudo dietas vegetarianas de alimentos crus possuem indexes de massa corporal significativamente mais reduzidos, com menos gordura corporal, menos massa corporal magra e com menor densidade óssea.

Embora seguir uma dieta vegetariana crua possa parecer uma excelente solução se estiver a ter dificuldades em perder gordura, existem alguns efeitos negativos sérios para a saúde. As evidências mostram que as dietas cruas conduzem à redução da fertilidade em ambos os sexos e que metade das mulheres que seguem dietas cruas deixam de ovular.

A razão para isso é provavelmente a combinação de uma ingestão baixa de energia e falta de ingestão de gorduras, a partir das quais as hormonas sexuais são produzidas.

Os investigadores sugerem que as dietas cruas são indesejáveis do ponto de vista da sobrevivência.

Coma mais fruta e vegetais para uma saúde melhor

Se o seu objetivo é perder peso, é uma boa ideia  substituir mais alimentos cozinhados por vegetais e frutas cruas ao mesmo tempo que elimina alimentos processados e cereais cozinhados.

O processo de cozinhar facilita o processo de sobrevivência, de reprodução e suportou a evolução humana de forma significativa.

Historicamente, quando a energia era escassa, o processo de cozinhar aumentou o número de calorias disponíveis dos alimentos recolhidos e torna a carne muito mais atraente e saborosa, uma vez que se torna mais fácil de digerir, segura e mais deliciosa.

Compreenda também que nesta sociedade moderna, densa em energia, não há problema nenhum em comer alimentos cozinhados, mas pode atingir a saúde ótima através da inclusão de alimentos crus na sua dieta.

Se está a tentar perder peso, substituir mais alimentos cozinhados por vegetais e frutas cruas ao mesmo tempo que elimina alimentos processados e cereais cozinhados, é um bom plano.

Assegure-se de ingerir a quantidade adequada de gordura a partir de fontes como o peixe, carne de animais alimentados a pastos e ovos, bem como de abacates, frutos secos, etc. De forma a poder manter uma saúde reprodutiva ótima.

Ingira alimentos crus em vez de produtos embalados para perder gordura

Outra descoberta do estudo de Harvard é que as informações nutricionais presentes nas embalagens dos alimentos, subestimam de forma significativa a quantidade de calorias presentes nos alimentos cozinhados ou processados.

O conteúdo de energia do alimento é tipicamente baseado no cálculo aceite das calorias do alimento crú e cozinhado. O aquecimento ou processamento do alimento irá aumentar de forma significativa o número de calorias disponíveis, mas a maioria das etiquetas nutricionais indicam o valor energético do alimento cru.

As pessoas que confiam nesses valores, estão a ingerir mais calorias do que pensam, o que pode obviamente conduzir ao ganho de gordura. Se pretende manter o seu peso atual ou se pretende emagrecer, todos os alimentos processados devem ser evitados a favor dos alimentos completos, quer sejam cozinhados ou crus.

Nota: Iremos colocar as devidas referências no último artigo desta série.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.